O que um empreendedor pode aprender com um investidor?

A sua forma de pensar e agir determinam grandemente no grau de sucesso que você deseja alcançar. Algumas pessoas desenvolvem uma mentalidade que as faz atingir patamares de sucesso que muitas outras não conseguem atingir. 

Uma pessoa que investe na bolsa e está acostumada com as oscilações do mercado, crises e mudanças no âmbito político que afetam a vida de todos certamente possui uma mentalidade que precisamos observar, entender e replicar em nossos negócios. No artigo de hoje quero destacar algumas características interessantes em investidores que precisamos entender para nos tornarmos empresários melhores.

1 – Analise o seu mercado

Uma característica forte e marcante na vida de investidores de sucesso é que eles nunca fazem aportes em ações de empresas sem antes estudar e entender o mercado em que essas empresas atuam. A análise é bem fundamentada, onde se verifica o balancete dos últimos anos da empresa, onde se verifica a lucratividade e faturamento dessa empresa, ou seja, o investidor profissional não toma uma ação baseada em achismo.

Da mesma forma que um investidor faz uma análise de mercado, um empreendedor precisa analisar o nicho que deseja atuar de forma aprofundada, conhecer os principais problemas da área, principais desejos e principalmente analisar o que já estão fazendo em termos de solução nesse setor serão os seus diferenciais no momento em que você começar a estruturar o seu negócio.

Uma boa análise de mercado vai nortear praticamente todas as suas ações ao montar seu negócio, como por exemplo no desenho do seu modelo de negócios, estratégias de marketing, sua comunicação, entre outros. Muitos negócios passam por dificuldades porque foram mal estruturados no início ou o empresário não conhece profundamente o nicho de mercado em que atua. Nos negócios e nos investimentos não há espaço para amadorismo. Faça suas pesquisas e entenda profundamente o nicho de mercado em que você deseja atuar.

2 – Faça um planejamento de curto, médio e longo prazo

Uma outra característica marcante na forma de pensar e agir de um investidor é a maneira como ele faz seus planejamentos. Cada investimento possui um objetivo específico. Por exemplo, você pode criar uma carteira com  investimentos pensando em uma viagem internacional que será feita daqui um ano, ou criar uma carteira pensando na sua aposentadoria, ou até mesmo pensando em comprar aquele carro dos seus sonhos pagando a vista. Não importa seu objetivo, o que importa é o planejamento que você faz para atingir aquela meta.

Nos negócios não há muitas diferenças, o empreendedor precisa se planejar e criar ações de curto, médio e longo prazos. Sem um bom planejamento há boas chances de seu negócio começar a passar por dificuldades. Com a estratégia de curto prazo você pode por exemplo começar a gerar caixa para seu negócio que vai começar a financiar suas estratégias de médio e longo prazos. As estratégias de longo prazo serão aquelas que vão dar sustentação ao seu negócio permitindo que o mesmo tenha consistência e cresça de forma saudável.

3 – Tenha um caixa disponível para evoluir e crescer

Uma frase bem conhecida no mundo dos investimentos é “nunca ponha todos os ovos em um só cesto”. Esse conceito é fundamental para quem investe de forma profissional pois garante que na criação da carteira haverá uma diversidade de produtos que vão garantir ao máximo seus rendimentos, mesmo em momentos de baixa.  Nessa diversificação é importante que o investidor tenha parte de seus recursos financeiros reservados em algum produto que tenha liquidez, ou seja, que seja fácil e rápido retirar e investir em algum outro produto mais lucrativo. Ter dinheiro em caixa permite o investidor expandir sua carteira assim que surge alguma oportunidade. Alguns especialistas também recomendam que os investidores tenham recursos financeiros destinados ao que chamam de “colchão financeiro” que seriam recursos equivalentes ao seu salário ou pró labore (se você é um empresário) equivalentes a 12 meses. O objetivo é o mesmo, te preservar em momentos de crise ou dificuldades.

Independentemente do conceito aplicado em finanças, o empreendedor também precisa pensar no “colchão financeiro” de sua empresa que chamamos de fluxo de caixa. Sem esse fluxo de caixa sua empresa sempre andará na corda bamba e estará sujeita a qualquer oscilação do mercado.

Trabalhar para se ter um bom fluxo de caixa te permite passar por crises como essa que estamos vivendo do coronavírus. Muitas empresas vão quebrar porque não tem condições de passar muitas das vezes nem 1 mês sem faturar nada. A fragilidade dos negócios aparecem em momentos difíceis como o que estamos vivendo no momento em todo o mundo com essa pandemia. Com um fluxo de caixa o empresário tem tempo para pensar em novas estratégias e se ajustar a crises e problemas que certamente vão aparecer. Uma coisa é lutar pensando nas contas que vão vencer no final do mês outra coisa é lutar traçando uma estratégia, com a cabeça livre e sem a pressão de ter que faturar naquele mês para ter condições de pagar as contas que estão vencendo.

4 – Estruture sua “Carteira” para suportar crises

Outra característica marcante dos investidores é que eles sempre pensam nas piores situações e montam sua carteira de investimentos prevendo reduzir o máximo os impacto das oscilações do mercado. 

Tendo isso em mente quando há uma crise no mercado como a que estamos vivendo hoje, o investidor procura minimizar o máximo suas perdas criando investimentos que se valoriza enquanto outros se desvalorizam. O equilíbrio é o que o investidor busca no momento de uma crise.

O empreendedor também precisa buscar esse equilíbrio nos seus negócios. Primeiramente estruturar um modelo de negócios que busque fontes de receitas diversos. É um perigo para o negócio quando você só tem uma forma de gerar faturamento. Para isso é interessante criar produtos que se complementam, estratégias de geração de receitas diversas como um produto de assinatura, consultorias, mentorias, etc. A ideia aqui é criar uma esteira de produtos que vá trazer faturamento de fontes distintas para o seu negócio. Caso uma dessas fontes acabe ou passe por uma oscilação de mercado o seu negócio como um todo não fique abalado.

5 – Não se deixe trair pelos sentimentos

Investidores são especialistas em dominarem suas emoções. Quando o cenário não está bom e a bolsa começa a cair eles analisam a situação de forma fria e racional. Agir por impulso pode te trazer sérios problemas. Justamente por conseguirem controlar suas emoções eles agem normalmente de forma precisa e planejada. O investidor que se deixa levar pelo medo ou ganância normalmente não tem sucesso em seus investimentos. Esses sentimentos levam o indivíduo a tomar decisões erradas, tanto nos investimentos quanto no mundo dos negócios tomar decisões erradas podem te custar muito.

O empreendedor precisa estar atento às suas emoções, tomar decisão baseada nas emoções normalmente vão te conduzir a problemas sérios. Escolher um sócio porque você gosta dele, resolver criar parcerias sem avaliar de forma mais profunda os prós e contras, contratar pessoas para ajudá-las por estar desempregadas, etc são exemplos de algumas ações que podem te trazer prejuízos mais a frente.

Conclusão: Hoje vivemos uma pandemia que tem afetado o negócio de muitas empresas de pequeno e médio porte. Saber tomar decisões para salvar seu negócio nesse período vai exigir de você serenidade e calma. Avalie todas as possibilidades para manter suas operações em funcionamento. Entenda a importância de ter a internet como um canal de vendas poderoso, pois as pessoas estão e ficarão cada vez mais online. Essa crise, como todas as outras vai passar e quando ela passar que tipo de empresa será a sua? Que tipo de empresário você será? Aproveite a quarentena para repensar seu modelo de negócios e se preparar quando todo esse furacão passar.

Um forte abraço.



Comentarios
Gostou do conteúdo? Então compartilhe:
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Elmar Oliveira
Elmar Oliveira
Consultor Business Intelligence e empreendedor. Formado em tecnologia da informação, é um estrategista em modelos de negócios para pequenos e médios empresários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial