Minha empresa não vende pela internet! Por onde começar?

Minha empresa não vende pela internet! Por onde começar?

5 (100%) 1 vote

Por mais que pareça simples e muitas pessoas vendem como se fosse, ter a internet como um canal de vendas não é tarefa fácil. Muitos modelos de negócios nos dias de hoje estão precisando ser revistos para se adequar ao mercado como ele se encontra hoje.

A essa altura você deve estar pensando… “Ah, vender pela internet é a mesma coisa que vender no mundo offline”. Calma lá meu amigo!! Existem certos detalhes e estratégias que você precisa ajustar para ter sucesso no mundo digital.

Se hoje o seu negócio atua de forma exclusiva no offline, mas você entende que precisa se ajustar e ter a internet como um canal de vendas, então é necessário que:

1 – Ajuste seus processos internos

Um processo de negócio, processo organizacional ou método de negócio é um conjunto de atividades ou tarefas estruturadas relacionadas que produzem um serviço ou produto específico (fornece uma meta particular) para seus clientes ou para um cliente particular. Em outras palavras, seu negócio para funcionar de forma harmônica precisa ter processos bem definidos.

Quando pensamos em vender pela internet você vai precisar rever e estruturar seus processos para atender também suas demandas online. Inicialmente seu foco deverá ser na sua estrutura ou na sua base, entenda como base um estudo aprofundado de quem é seu cliente na internet. Pelo fato de você realizar vendas fora da internet e ter um perfil de público que compra seu produto ou serviço não significa que esse mesmo perfil de cliente será o mesmo que vai comprar pela internet. No próximo tópico nos aprofundaremos mais no entendimento de como identificar seus clientes na internet.

Uma boa prática para analisar e revisar seus processos de negócio é você fazer o uso do Modelo Canvas. Você pode criar esses documentos que vão te auxiliar bastante no entendimento do seu negócio através do link https://app.projectcanvas.online/#/start  aqui você terá plenas condições de montar o seu Business Model Canvas e o seu Project Model Canvas.

Durante a revisão dos seus processos e entendimento de quem é seu público alvo você perceberá que vai sentir falta de mais alguns modelos para complementar sua análise. Nesse caso você ainda poderá lançar mão de mais algumas ferramentas online para te ajudar nessa etapa:

1) Business Model Fiddle

O Business Model Fiddle (BMF) é uma ferramenta de criação, manutenção e compartilhamento de diversos tipos de modelos de negócio e outros quadros importantes como o SWOT. Mesmo gratuito, o BMF traz uma série de ferramentas que o torna ainda mais simples de usar, além de poder se colocado todo em português.

Acesse: https://bmfiddle.com/

2) Canvanizer

Canvanizer é uma ferramenta, em inglês mas bem fácil de usar, para você modelar sua startup ou projeto usando algum dos diversos tipos de canvas disponíveis e outras matrizes relacionais nas área de gerenciamento de projetos, negócios, design e inovação.

Acesse: https://canvanizer.com/

3) Business Model Generation

Ferramenta desenvolvida pela Strategyzer mantenedora do método BMC fornece somente de forma paga a ferramenta online que abrange o painel de modelo de negócio e o painel de proposição de valor, ambos com todas as funcionalidades colaborativas como aplicação de estimativas, comentários, possibilidade de exportar para outros softwares como excel, power point e outros.

Acesse: https://strategyzer.com/app

Leia também: Negócios digitais: Sua empresa já vende pela internet?

2 – Encontre seu público alvo e sua persona

Muitas pessoas tem dificuldades para ter a internet como um canal de vendas e o grande erro que a maioria comete é o fato de não definirem de forma correta o seu público alvo e a persona. Um ponto importante que podemos destacar é entender a diferença entre público alvo e persona.

Público-alvo, também chamado de Prospect ou Target, é o grupo de pessoas que você escolhe como clientes principais, são aquelas pessoas para quem você dedica sua prática e as ações de comunicação e marketing.

Persona é a representação fictícia do cliente ideal de um negócio. Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos clientes, assim como uma criação de suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações.  

Perceba que a persona é algo mais específico, portanto será onde você entenderá de forma mais detalhada tudo que você precisar do seu futuro cliente para assim montar todas as suas estratégias de marketing digital.

Para entender melhor o comportamento de seus futuros clientes é importante que você consiga responder algumas perguntas como:

1 – Quem é sua persona? (Idade, sexo, profissão, etc)

2 – Qual a dor/desejo ele tem?

3 – Por quê ele tem esse desejo?

4 – Por quê ele ainda não resolveu essa dor?

Entre outras perguntas relevantes que vão te dar a exata noção de como chegar no seu cliente, desde estratégias de campanhas pagas (através do facebook ads, Google ads, Taboola, Youtube ads, etc), estratégias de funil de vendas, entre muitas outras ações. Quando todas as suas estratégias e comunicação estão direcionadas para seu público suas vendas vão acontecer de forma natural. Uma ferramenta bem interessante que você pode usar para te auxiliar na criação de uma persona é a https://geradordepersonas.com.br/

3 – Crie um produto que realmente resolva o problema de seu cliente

Por mais bem elaboradas que sejam suas estratégias de marketing, se seu produto não for bom, ele não vai vender. Seu produto ou serviço precisa realmente ser bom, precisa resolver uma dor específica de seu cliente. Quando existe a combinação harmoniosa entre um bom produto e uma ótima campanha de marketing as vendas serão apenas consequências de um trabalho bem feito.

Os critérios para que seu produto atenda uma determinada demanda do mercado são definidas desde o momento em que você começa suas pesquisas de mercado e entender quais são as principais dores/desejos de seus clientes. Perceba que você não vai inventar algo da sua cabeça, você vai criar um produto ou serviço já tendo plena consciência das necessidades e desejos de sua persona. Produtos que são criados seguindo esses critérios são produtos que vendem.

Leia também: 5 Segredos para realizar vendas online com sucesso

4 – Gere tráfego com estratégia para vender

Ok, você já sabe quem é seu cliente ideal, sabe onde ele se encontra na internet, sabe de seus desejos, sonhos e dores e de posse dessa informação você criou um produto relevante para esse público.

Agora a sua missão como empreendedor é fazer o seu produto chegar até seu consumidor e para isso você precisará criar estratégias de marketing digital para começar a vender.

De forma resumida a sua missão agora é gerar tráfego e direcionar esse tráfego para sua página de vendas, seu site, seu artigo de conversão, etc. para vender no mercado online é fundamental que se gere muito tráfego e que seu produto fique disponível para pessoas que tem o perfil ideal para consumir.

Você pode gerar tráfego de diversas formas citaremos algumas.

1 – Fazendo SEO

“Search Engine Optimization”, que significa “otimização para mecanismos de busca”, ou otimização de sites. SEO é o conjunto de estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados naturais (orgânicos) nos sites de busca como por exemplo o Google.

2 – Criando campanhas patrocinadas

Com campanhas patrocinadas você terá condições de gerar tráfego para um determinado produto de forma mais rápida e segmentada, permitindo assim gerar vendas de forma mais rápida.

As ferramentas para gerar tráfego são inúmeras, você pode usar facebook ads, google ads, Taboola, entre outros. Perceba que existem diversas fontes de tráfego que você poderá estar usando em suas estratégias de vendas, o ideal é tentar mesclar fontes de tráfego patrocinadas com tráfego orgânico.  As estratégias são inúmeras e você pode entender como estruturar uma boa estratégia para vender de forma consistente de curto, médio e longo prazo.

3 – Comprando espaços publicitários de Influenciadores Digitais

Com a explosão de influenciadores digitais e sua legião de fãs hoje é possível você tirar proveito desses recursos para o seu negócio. Vamos supor que você é um empresário(a) do ramo fitness, você tem diversos produtos ou quer fazer o lançamento de algum produto dentro desse nicho de mercado. Uma das formas de você fazer esse lançamento e já ter muitas vendas é contratando influenciadores para divulgarem seus produtos.

A vantagem de se usar essa estratégia é que você não precisará trabalhar para conseguir seguidores, outro ponto é que você já vai trabalhar com uma lista de leads segmentados e aquecidos. Usar essa estratégia é importante e fundamental principalmente se você precisa vender seus produtos e se tornar mais conhecido.

Segue abaixo algumas plataformas onde você poderá encontrar influenciadores para seus produtos.

1 – Influency.me

Plataforma do portal Comunique-se, o Influency.me conta com um banco de dados com cerca de 80 mil influenciadores digitais cadastrados na plataforma. Você pode buscá-los de acordo com gênero, alcance nas redes sociais, faixa etária e mídias sociais em específico, entre outros filtros. Além disso, a ferramenta também mostra uma linha temporal sobre o profissional, mostrando seu crescimento nos últimos tempos.

Acesse: https://www.influency.me/digital-influencer/

2 – Airfluencers

Assim como o Influency.me, o Airfluencers também conta com um banco de influenciadores próprio, que pode buscar de acordo com diversos critérios. Além disso, a plataforma traz uma ferramenta para analisar suas campanhas em conjunto, permitindo que acompanhe o desempenho do influenciador que contratou.

Acesse: https://airfluencers.com/

3 – Celebryts

Prometendo um banco de dados que pode atender a microempresários, grandes empresários e até mega empresas. O Celebryts também promete atender a nichos específicos, como o de moda ou o segmento geek. Sua base conta com cerca de 40.000 influenciadores e conta com período de testes gratuitos.

Acesse: https://celebryts.com/

As estratégias para gerar tráfego para sua oferta e produto com influenciadores é uma excelente forma de começar a vender de forma massiva, lembrando que o melhor marketing que você pode fazer é ter um produto que realmente resolva os problemas de seus clientes.

Conclusão: Vender pela internet não é algo fácil de se fazer, você vai ter que se preparar bastante, se dedicar, ser resiliente e principalmente buscar estratégias diversas para oferecer os seus produtos e serviços as pessoas que realmente estão precisando. Se existe um segredo para vender, o segredo é esse.

Um forte abraço e até a próxima.

Comentarios
Elmar Oliveira
Elmar Oliveira
Consultor Business Intelligence e empreendedor. Formado em tecnologia da informação, é um estrategista em modelos de negócios para pequenos e médios empresários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *