Me siga nas redes sociais

Inovando o Business Intelligence com Design Thinking

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Vivemos um momento econômico, político e financeiro complicado no nosso país. Sofremos com a má administração de nossos governantes que gastaram mais do que arrecadaram e com isso geraram vários problemas que hoje se reflete nas empresas como um todo.

Empresas que hoje possuem seus modelos de negócios ainda muito tradicionais sofrem com as mudanças tecnológicas e com as inovações que seus concorrentes implementam no mercado. A sobrevivência e o seu sucesso como empresário dependem muito de uma visão inovadora.

Ficar a frente de seus concorrentes não é uma tarefa fácil, é necessário investimentos em treinamentos, educação, estruturação de uma cultura organizacional inovadora e moderna bem como outros fatores.

O mundo está mudando rapidamente, o comportamento do consumidor está mudando, as formas de se fazer negócios estão evoluindo, conceitos novos de liderança e gestão já se fazem presentes em nossas vidas e aquelas empresas que ainda administram seus negócios da forma tradicional ou que ainda não se despertaram para essas mudanças estão destinadas a sumirem do mercado.

A Revolução dos Dados na Era Digital

era-digital

Nos últimos anos testemunhamos o surgimento de uma verdadeira revolução no mundo digital. A capacidade de armazenagem das informações aumentou absurdamente, os dados que geramos hoje são muito maiores que no passado. De acordo com o relatório da Cisco, feito em Abril deste ano, até 2019 haverá 10.4 zettabytes (1.000.000.000.000.000.000.000 bytes) de dados disponíveis na web.

Todos esses dados quem gera somos nós: empresário, clientes, colaboradores, etc. tudo que fazemos no mundo digital deixamos nossas “pegadas”, esses dados na era da internet das coisas, vale ouro para as empresas que souberem explorar essas dados e transformar esses dados em informação útil para seus negócios.

Com essa quantidade de informação disponível na internet e em fontes totalmente distintas, o business intelligence também sofreu evoluções, não só na sua arquitetura mas também na sua forma de explorar as informações. Surge o conceito de Big Data. O objetivo do meu artigo não é explicar todos esses conceitos mas sim deixar o leitor alerta das mudanças que sofremos e de como isso pode afetar nossa vida e nossos negócios.

Os mudanças no cenário dos negócios não acontece somente na parte de tecnologia, se você observar melhor vai perceber que a forma de se fazer vendas também mudou, o que chamamos de a “jornada do consumidor” com a era digital hoje é outra, a forma de se fazer marketing hoje também evoluiu, hoje se sua empresa não investe em marketing digital você estará um sempre um passo atrás de seus concorrentes.

Ter pleno conhecimento dos seus dados e saber interpretá-los de forma adequada vai permitir que gestores tomem as melhores decisões com relação aos seus negócios, esse é o papel fundamental do BI. O Business Intelligente trabalha essencialmente com informações quantitativas mas para que haja uma real inovação nos seus negócios é necessário entender seus dados de forma qualitativamente.

A proposta de trabalho do Design Thinking é centrado no aspecto humano e nas necessidades dos usuários. Aqui a metodologia trabalha a qualidade das informações, portanto podemos dizer que o Design Thinking é um complemento as técnicas e estratégias implementadas por um projeto de Business Intelligence.

O Foco dessa abordagem é a empatia com o público de um determinado produto ou serviço. Enquanto o Business Intelligence pode cruzar dados que trazem à tona comportamentos de uso, compra, acesso, circulação, atenção, e muitos outros indicativos em relação aos clientes, os design thinkers podem rapidamente, por meio de técnicas de imersão, análise, ideação e prototipagem, descobrir os porquês dessas escolhas e hábitos.

Quando falamos em Gestão, usar o D.T. é uma ótima estratégia para se destacar no mercado tão competitivo. Se você ainda não conhece ou apenas ouviu falar dessa metodologia, faça uma pesquisa, estudo mais sobre ela, talvez você veja uma boa oportunidade no seu negócio para se destacar e inovar.

Como foi dito anteriormente, o mundo está mudando, mas não podemos nos esquecer que sem o fator humano nenhuma organização, empresa ou negócio chega a lugar nenhum. Valorize as pessoas, você quer inovação na sua empresa? Comece mudando sua forma de pensar.  Comece tratando seus colaboradores com mais humanidade, valorize mais as pessoas, envolva as pessoas com o propósito e cultura de sua empresa. Não há nada mais poderoso do que isso.

A verdadeira Inovação acontece a partir da mudança do nosso mindset, ela não vem do aprendizado de novas ferramentas e tecnologias, ela vem de uma equipe realmente unida e com objetivos bem definidos. Valorize o carácter, conhecimento técnico e ferramentas novas podem ser aprendidas, o carácter não. Ou você tem ou não tem. Conheça profundamente as características de cada colaborador para que você como líder saiba extrair o que há de melhor em cada um. Essas são características de um verdadeiro líder, um líder do futuro.

Um forte abraço!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram