5 Sinais de que seu negócio corre perigo!

5 Sinais de que seu negócio corre perigo!

5 (100%) 1 vote

Um empreendedor enfrenta em sua jornada diversos desafios, dentre esses desafio o empresário precisa entender profundamente os números do seu negócio, entender o que não está bem e o que precisa ser melhorado. Algumas decisões ou práticas podem conduzir seu negócio para um caminho perigoso e sem volta muita das vezes. No artigo de hoje vamos comentar os 5 sinais que vão servir como alerta para o seu negócio.

#1 – Não existe diversificação de fontes de renda

Esse problema pode representar um risco para o seu negócio pois um negócio que depende somente de 1 única fonte de receita coloca o faturamento mensal da empresa em um patamar de instabilidade muito grande.

O empreendedor precisa ter em mente que é saudável para o seu negócio diversificar as fontes de receita, o objetivo disso é tornar sua receita previsível, permitindo se fazer projeções e estimativas futuras. Quando a empresa não tem fontes diversas de receita ela se torna refém daquela única fonte, ou seja, qualquer oscilação em termos de vendas em um determinado mês vai afetar o seu negócio financeiramente, principalmente se não existe um fluxo de caixa adequado.

A dica aqui é: Diversifique suas fontes de receita sempre

#2 – Seu negócio não funciona sem você

Um outro sinal de alerta para o seu negócio é quando ele depende de você para funcionar. Um negócio precisa se desenvolver os suficiente para que o mesmo continue funcionando independente se você está presente ou não. Para isso é necessário qualificar seus colaboradores, definir bem as funções e responsabilidades de cada um e ter processos bem definidos.

Cabe aqui uma observação, é comum quando um novo empreendedor começa a crescer, e se vê na obrigação de delegar mais responsabilidades a seus colaboradores para que o mesmo fique com mais tempo livre para questões mais estratégicas. Isso é extremamente saudável para o seu negócio e para o crescimento do mesmo, mas também pode ser um problema inicialmente para o empreendedor, principalmente se o mesmo estava acostumado a fazer praticamente tudo sozinho. A sensação de que não vão fazer o trabalho tão bem feito quanto você fazia entre outros pensamentos invadem a mente do empreendedor. É necessário se estruturar para ir se desligando das atividades mais operacionais focando nas atividades estratégicas e táticas do seu negócio, só assim você vai conseguir escalar o seu negócio.

A dica aqui é: Delegue tudo que for operacional e que tome o seu tempo para pensar em fazer o seu negócio crescer.

Leia também: O diferencial dos negócios que crescem

#3 – Seu negócio é dependente de alguma coisa ou alguém

Podemos considerar esse item um complemento ao anterior. Seu negócio não pode depender de você, mas também ele não pode depender de um único fornecedor e um único cliente.

De forma direta e objetiva, se seu negócio depende de você, de um único fornecedor e você só tem um único cliente, sinto em te dizer, mas seu negócio está fadado a falência. Ter um único cliente, mesmo que ele seja grande pode se tornar um tiro no pé quando esse mesmo cliente decide não renovar o contrato que tem com você. Diversas empresas passam por isso e se vêem em grande dificuldade quando isso acontece.

A dica aqui é: Um único cliente NÃO pode representar mais de 50% do seu faturamento.

Leia também: A Mentalidade do Empreendedor Digital de Sucesso

#4 – A maioria de seus clientes são “Monstros”

Esse é um problema que muitos empresários passam, quando sua carteira de clientes é composta na sua maioria de clientes “monstros”. Mas Elmar, o que é um cliente monstro? Um cliente monstro é aquele tipo de cliente que quer sugar tudo de você sempre pelo menor preço. Normalmente ele te traz mais dor de cabeça do que lucros e você muitas das vezes é obrigado a aceitar tudo porque não tem muitas opções de clientes melhores.

Coloque isso na sua cabeça, nem todos os projetos que você desenvolver serão um sucesso, muito deles vão dar errado e é preciso ter sabedoria para tirar lições de projetos assim. Ter clientes que traz mais dor de cabeça do que lucro faz parte do jogo, e se faz necessário saber posicionar a sua empresa de forma a afastar tais tipos de clientes. O posicionamento que você dá para o seu negócio, a comunicação e as estratégias de marketing utilizadas de forma correta vão te ajudar a atrair clientes que tenham mais a ver com o propósito da sua empresa.

A dica aqui é: Ajuste o posicionamento da sua empresa para atrair os clientes ideais.

#5 – Seu negócio não diversifica seus canais de venda

Um negócio não existe sem vendas e sem vendas o seu negócio vai parar. É fundamental que hoje o empresário tenha em mente que sua marca precisa estar em diversos lugares ao mesmo tempo, o velho modelo de negócios onde se abre uma loja ou escritório e fica-se esperando pelo comprador está cada vez mais raro.

O comportamento do consumidor mudou, hoje se sua empresa não está na internet você estará muito atrás de seus concorrentes. Não importa o tipo de negócio, você precisa existir na internet, você precisa ter um canal de vendas online que em muitos casos representa mais de 50% do faturamento de muitas empresas. Muitos negócios têm começado de forma online permitindo que pequenos empreendedores enxuguem os custos iniciais de se começar um negócio.

Leia também: 7 Estratégias de Marketing digital para aumentar suas vendas

A dica aqui é: Invista em marketing digital! Você precisa ter a internet como um canal de vendas para o seu negócio.

Conclusão: O empreendedor precisa estar sempre atento ao seu negócio, buscando ter uma visão do todo e sempre pronto para agir e ajustar o que for necessário. Busque entender e enxergar os “pontos cegos” do seu negócio. Muitas das vezes um simples papo com outro empreendedor te ajuda a visualizar o que precisa ser melhorado.

Seus comentários é muito importante para nós! Portanto sinta-se a vontade de perguntar ou deixar sua opinião sobre o tema.

 

 

 

Comentarios
Elmar Oliveira
Elmar Oliveira
Consultor Business Intelligence e empreendedor. Formado em tecnologia da informação, é um estrategista em modelos de negócios para pequenos e médios empresários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *