3 Erros Fatais ao Tentar Escalar seu Negócio Digital

3 Erros Fatais ao Tentar Escalar seu Negócio Digital

5 (100%) 1 vote

Qualquer empreendedor sonha em montar um negócio lucrativo e não só isso, um negócio com poder de escala onde o empresário tenha plenas condições de crescer e impactar o maior número de pessoas. O problema é que para quem está começando seu negócio, escalar algo que não está bem estruturado pode se tornar um verdadeiro pesadelo na vida de um empresário.

Hoje vou focar um pouco em negócios digitais, seja você um produtor, afiliado, um consultor, não interessa. Os princípios aqui contidos servem tanto para negócios físicos quanto para negócios digitais.

Recomendamos a leitura dos artigos:

Como criar um negócio digital consistente

O que você precisa saber para começar no marketing digital

Motivos para abrir um negócio online em tempos de crise

Para que você possa escalar seu negócio digital e aumentar seu faturamento é necessária que antes você tenha:

1 – Processos bem estruturados e validados

Talvez você já seja um afiliado ou produtor de sucesso, já tenha entendido como se joga esse jogo e já tem um faturamento que te permite viver de forma confortável, mas a pergunta que se segue é a seguinte… Você vai parar por aí ou realmente quer crescer o suficiente para montar uma empresa de sucesso, vivendo com um propósito que faça a diferença na vida das pessoas e transforme a realidade de seus clientes?

Quem tem o empreendedorismo no sangue dificilmente se contenta com o jogo que tem feito até o momento. A grande satisfação de um empreendedor é começar a batalhar pelo próximo desafio. Crescer e escalar seu negócio. O grande problema é que se você não tiver processos desenvolvidos por você ou de terceiros, mas que estejam funcionando perfeitamente para o seu negócio quando você tentar escalar vai acabar potencializando aquilo que hoje não funciona bem.

Se hoje você é um afiliado profissional e escala suas atividades promovendo produtos de terceiros você deve ter estruturado um passo a posso de forma que qualquer pessoa que venha a trabalhar com você consiga subir campanhas, monitorar os indicadores e escalar quando necessário.

Se você é um produtor e já vende muito bem seus produtos, deve ter estruturado todo o processo de como identificar uma real necessidade no mercado, empacotar esse conhecimento e oferecer ao mercado através de cursos online, webnarios, e-books e até mesmo através dos correios no caso de produtos físicos.

Seu processo de trabalho deve estar amadurecido e validado de tal forma que não seja um problema para você estruturar uma equipe e monitorar o trabalho de cada membro, fazendo os ajustes necessários. Quando você chega nesse ponto você já tem um processo de trabalho bem mapeado e amadurecido o suficiente para pensar em escalar seu negócio.

2 – Ter um modelo de negócio enxuto e com alta margem de lucro

Ter um modelo de negócio enxuto significa por exemplo que você terá plenas condições de trabalhar com mais projetos ou clientes sem necessariamente ter que aumentar sua equipe.

Significa que você terá condições de lucrar mais com a estrutura que você tem hoje.

É obrigação de todo empreendedor desenvolver e amadurecer seu modelo de negócios de forma que se o negócio começar a crescer esse modelo estará pronto e testado para isso.

Vejo no mercado digital muitos profissionais focando em ferramentas, técnicas e estratégias novas para vender, mas poucos se preocupam ou procuram desenvolver seu modelo de negócios de forma apropriada.

O modelo Canvas, ou Business Model Canvas, ou ainda “Quadro de Modelo de Negócios, criado por Alex Ostwerwalder, permite ao interessado criar um plano de negócio em diversas áreas, incluindo negócios digitais, e identificar as principais áreas, interesses e objetivos da empresa, facilitando o desempenho de todas as áreas da companhia e a manutenção de tarefas do dia-a-dia.

Através do Canvas você pode identificar seus clientes, suas necessidades, seus interesses e, com a ajuda do Canvas, traçar as melhores estratégias de marketing, com maior abrangência e maior efetividade, o que é fundamental neste mundo de rápidas mudanças e inovações, que exigem transformações e ações imediatas para os negócios físicos e digitais, além de maior interação com seu público-alvo por meio de site, redes sociais, e outras ferramentas atuais.

Modelo de Canvas para Marketing Digital

Se você quer criar um modelo de negócios enxuto e com base para suportar um crescimento então faça uso do canvas.

Abaixo trazemos um exemplo de um canvas que você poderá usar para criar seu modelo de negócios de uma forma simples e prática.

Para entender cada etapa de como preencher o canvas é fundamental o entendimento conceitual de cada elemento.

Parceiros-chave: associações, clientes, fornecedores e outros sites que podem servir para você divulgar seus produtos ou serviços;

Recursos-chave: que funcionários ou serviços podem ser utilizados para a estratégia de marketing digital?

Atividades-chave: para mapear esse ponto do canvas é necessário que você levante pontos como entender como sua empresa opera, o que ela faz para atender os segmentos de clientes, quais são as atividades essenciais para entrega de uma proposta de valor.

Proposta de valor: Você poderá definir sua proposta de valor entendendo basicamente quais os benefícios que seu negócio entrega, possíveis diferenciais frente a concorrência, se seu negócio é inovador, se as pessoas percebem valor nele ou até mesmo se o seu negócio incrementa algo que já existe.

Relacionamento com clientes: como será feito o relacionamento? Telefone, formulários em sites, respostas em redes sociais?

Canais: que canais serão utilizados? Blog com foco em SEO, Adwords, Facebook, e-mail marketing?

Clientes: Para entender seus clientes é necessário levantar pontos importantes ao seu negócio como qual fatia de mercado você atende, você quer atender, produzir, fazer tudo para todos e entender profundamente a sua persona conhecendo as pessoas ou grupo de pessoas que seu negócio pretende atender, procure entender seu cliente ao ponto de saber quem são eles, como eles pensam, o que fazem entre outros aspectos.

Custos: Nessa etapa de custos considera todos os aspectos como custos fixos, variados, etapas para se economizar mais, quais são os custos não financeiros, etc.

Receitas: Nessa etapa considere o que seu negócio ganha, o que cada segmento do nicho em que você atua contribui, quais são os ganhos financeiros, quais são os ganhos não financeiros, quais as possibilidades de geração de receita, venda de recursos, taxas de uso, taxa de assinatura, aluguel, etc.

Ter um modelo bem definido e validado de negócios vai te permitir um crescimento de forma estruturada, atraindo mais clientes e escalando os seus serviços.

3 – Definir um Escopo de Trabalho Padrão

Um outro aspecto não menos importante que os demais é a questão de se ter um escopo de trabalho padrão dentro da sua empresa, em outras palavras você deve possuir uma metodologia que te permita trabalhar com novos clientes sem a necessidade de se começar todo o trabalho do zero, ou seja, você deve ter um framework de trabalho único que te permita atender a diversos clientes com o mesmo padrão de trabalho e com a mesma agilidade.

Para ficar um pouco mais claro vamos ao exemplo:

Você é um afiliado que já consegue vender muito bem e todos os dias, e trabalha com alguns produtos dentro de um segmento ou nicho de mercado que te chama a atenção.

Você já deve ter em sua rotina, um template de campanhas para o Facebook ads que já tenha testado e validado para trabalhar e escalar suas campanhas. Perceba que essa forma de trabalho é diferente do que você ter que fazer todo um trabalho de criação de imagens e vídeos, copy, segmentação, etc para começar a trabalhar. É fundamental que o afiliado profissional tenha em mente que ele pode escalar seu trabalho de forma absurda se ele souber treinar e passar um método para subir campanhas e promover um produto que você já tenha testado e validado.

Quando você tem um escopo de trabalho bem definido você evita que:

1 – Tenha que começar um trabalho do zero o tempo todo

2 – Coloque alguma estratégia no Ar sem que você domine todos os aspectos

3 – Se trabalhe com modelos diferentes e fora do padrão estabelecido

Conclusão:

Independentemente se você é um produtor, consultor ou afiliado profissional existem maneiras de se escalar o seu negócio de forma consistente.

Vender mais e aumentar o faturamento é o desejo de todos, mas para isso você precisa ter uma forma de trabalho que gere resultados. No final o que vai contar são os resultados que você gera como um profissional em marketing digital.

É uma grande falácia acreditar que para vender mais você precisa de autoridade gerada pelos conteúdos que você posta, por exemplo, no Youtube. Sua autoridade vai ser verdadeiramente construída pelos seus resultados, sempre!

Com o tempo o mercado por si só vai retirando de cena aqueles produtores que não dão o devido apoio aos seus afiliados, os afiliados amadores que não investem em treinamentos e qualificação também vão ficar para trás, os consultores que não geram resultados para seus clientes vão aos poucos desaparecer. Cada vez mais o mercado vai exigir profissionais com métodos validados de trabalho, portanto busque se qualificar sempre e desenvolva a sua maneira estruturada de trabalho.

Comentarios
Elmar Oliveira
Elmar Oliveira
Consultor Business Intelligence e empreendedor. Formado em tecnologia da informação, é um estrategista em modelos de negócios para pequenos e médios empresários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *